SOCORRO ESPINHAS INTERNAS – O QUE FAZER? COMO TIRAR? COMO TRATAR?

DICAS PARA ACABAR COM AS ESPINHAS INTERNAS!

espinhas internas

 

Está sofrendo com espinhas internas? Calma, não esprema, tem solução e vamos te ajudar!

Espinhas são realmente motivo de desespero, ainda mais quando são muitas, acabam sempre comprometendo a beleza do rosto. Elas geralmente aparecem em adolescentes, mas também podem se estender pela vida adulta. As espinhas podem se apresentar de duas maneiras: a espinha comum e a espinha interna. No caso da espinha comum, ela fica na parte de externa do rosto e pode vir acompanhada de pus ou não. Já as espinhas internas, ficam na parte de baixo da pele, como uma inflamação causando um vermelhidão muitas vezes dolorido na parte de fora. Além do rosto as espinhas podem aparecer em outros lugares, sendo que até dentro do nariz ou na orelha por exemplo, você pode encontrar uma. Para sua felicidade, neste artigo vamos buscar te ajudar a se livrar de todas as suas espinhas internas e realçar sua beleza.

­

A espinha é um processo cutâneo e surge devido a produção exagerada das glândulas sebáceas, gordura ou ainda sebo da oleosidade do rosto, que obstrui os poros e resulta em uma inflamação. Esse processo é o que acontece com as espinhas comuns. No caso das espinhas internas, o processo é praticamente o mesmo, com a diferença de que ela fica debaixo da pele, tem mais profundidade, é mais aparente, geralmente é mais dolorosa e também demora um tempo maior para sumir. As causas podem depender de vários fatores, isso inclui: genética, uso contínuo inadequado de produtos ou cosméticos muito oleosos e mudança hormonal.

 

E agora? Como tratar ou tirar espinhas internas?

 

Como já foi mencionado acima, o primeiro ponto é: nunca tente espremer espinhas internas. Dificilmente esse método funcionará, você sentirá muita dor e pode deixar o quadro ainda pior, fazendo com que demore mais a cura e ainda resultando em cicatrizes bem feias. Dependendo da gravidade da situação, elas precisam de um tratamento à base de antibióticos ou até outros remédios mais fortes. Se você percebeu que passou vários dias e nada da espinha melhorar ou sumir, então é hora de você ir no dermatologista para ele avaliar essa espinha interna. A maioria das espinhas não causam nenhum tipo de problema mas algumas podem crescer muito, trazer dor e uma inflamação perigosa. Por isso, se o problema persistir durante um bom tempo, aconselhamos que você procure um dermatologista. Só esse profissional poderá te indicar o tratamento ideal.

 

DICAS CASEIRAS QUE VÃO TE AJUDAR A TIRAR ESPINHAS INTERNAS

 

A dica principal é que você procure um dermatologista para que ele identifique as causas das espinhas internas e receite o melhor tratamento para seu tipo de pele. Porém, existem alguns métodos caseiros que funcionam para muita gente. Vale ressaltar novamente, que em hipótese alguma você deve espremer suas espinhas, para não vê-las piorar trazendo ainda mais danos a sua pele. Vamos então para as dicas caseiras!

DICA PARA TIRAR ESPINHAS INTERNAS – DICA 1

  • Pegue um algodão e molhe-o na água quente (quente, não fervendo – CUIDADO!). Depois que o algodão estiver molhado, coloque-o sobre a espinha interna que está te incomodando e deixe por alguns minutos. Quando a água do algodão esfriar, repita o procedimento. O calor ajuda a espinha ou sair de vez ou secar pois os poros se abrem e ela tem mais espaço para desaparecer. Siga essa dica pelo menos duas vezes ao dia, até que a espinha suma de vez.

DICA PARA TIRAR ESPINHAS INTERNAS – DICA 2

  • Use o vapor a seu favor! Deixe a água ferver bastante e coloque-a dentro de uma bacia. Faça com que a espinha fique próxima do vapor (cuidado para não chegar tão perto e se queimar) e isso ajudará muito em sua eliminação. Mas por que isso ocorre? Porque o vapor tem o mesmo efeito do algodão, ele abre os poros. Dessa forma, a espinha sairá mais facilmente. Com esse método, você elimina não só as espinhas internas, como também as espinhas comuns e ainda os cravinhos do rosto.

DICA PARA TIRAR ESPINHAS INTERNAS – DICA 3

  • A esfoliação pode ser uma arma e tanto na luta contra o aparecimento das espinhas internas. Faça uma suave esfoliação pelo menos uma vez na semana. Dessa forma, você elimina as células mortas. Existem muitos produtos específicos para esfoliação, como cremes, sabonetes e outros cosméticos. Procure saber quais são os mais indicados para seu tipo de pele e aposte neles.

DICA PARA TIRAR ESPINHAS INTERNAS – DICA 4

  • Chá Preto – Para aliviar a dor e acelerar a cura de uma espinha interna em fase inicial ou já inflamada pode-se utilizar um remédio caseiro que consiste na aplicação de uma compressa molhada em chá preto na região afetada durante cerca de 20 minutos, 2 vezes ao dia. Se você trabalha o dia todo e não tem como fazer durante o dia, pode utilizar essa receita durante a noite toda: basta molhar um pedaço pequeno de algodão (suficiente para cobrir a espinha) e prender com um pedaço pequeno, de micropore ou alguma fita adesiva. No dia seguinte, ao acordar, você já vai ver o resultado: o inchaço vai baixar, assim como a vermelhidão e a dor. Repita a operação até que cure por completo. Caso você estiver sentindo muita dor, além da compressa de chá preto, você pode aplicar gelo sobre a região durante 5 minutos, protegendo com um pano.

 

Quais cuidados devemos tomar para evitar o aparecimento das espinhas internas ou comuns?

O aparecimento das espinhas internas, bem como das espinhas comuns, podem acontecer devido a pequenos cuidados que deixamos de tomar. Vamos listar abaixo pequenas ações que você pode inserir no seu cotidiano, que deixarão sua pele mais cuidada e menos propensa ao aparecimento das espinhas e cravos ou ainda acne.

  1. Cuide de sua alimentação! Quanto mais você consumir alimentos ricos em gorduras e açúcares, mais glândulas sebáceas seu corpo produzirá e mais você estará sujeito a ter espinhas internas. Então, atente-se a este fato e faça melhores escolhas.
  2. Manter um cuidado básico com seu rosto, lavando-o pelo menos duas vezes ao dia com um sabonete mais indicado para seu tipo de pele, ajudará você a se prevenir da acne. Mas CUIDADO! Nunca lave mais do que duas vezes por dia, por mais estranho que possa parecer, a lavagem em demasia pode até ajudar a aumentar a oleosidade da sua pele, isso ocorre porque a pele acaba perdendo sua proteção natural.
  3. Evite o uso de produtos oleosos. Cremes, loções e óleos ajudarão sua pele ficar ainda mais oleosa e resultará em espinhas e cravos. Dê preferência aos produtos em gel, que deixarão sua pele bem cuidada e sequinha.
  4. Compressas de camomila. A camomila, por ser anti-inflamatória, ajuda bastante na prevenção da acne. Então, de vez em quando, prepare compressas e deixe-a alguns minutinhos no rosto. Ajudará e muito na prevenção.

Observação: Se o problema persistir por muito tempo, será necessário fazer uma investigação mais afundo para descobrir as reais causas do surgimento dessas espinhas internas ou das espinhas comuns, portanto procure um médico dermatologista para que possa lhe indicar o tratamento mais eficaz para sua pele.

Ainda tem alguma dúvida sobre como tratar de espinhas internas? Deixe um comentário!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *